A EVOLUÇÃO DO PRONTUÁRIO ELETRÔNICO

A UTIL acredita que a tecnologia traz organização e eficiência à saúde. Movida pela inovação.

Quando a aparência é tão importante quanto o conteúdo

Deixe um comentário

A idéia de que o conteúdo sempre deve prevalecer sobre a aparência é habitualmente aceita como justa em discussões genéricas sobre os mais diversos assuntos.  Porém, mais recentemente, a importância do design gráfico começa a ter um peso praticamente igual ao do conteúdo quando se trata do user experience proporcionado por um software, seja qual for o seu propósito.

Um excelente conteúdo mal disposto (ou mal representado) por um design antiquado proporciona um user experience fraco.  Nos dias de hoje, onde somos bombardeados constantemente com diferentes informações de diferentes meios, o meio que não possuir um design inovador corre o risco de fracassar independente da qualidade do conteúdo oferecido.

É exatamente isso que Greg Shorr, MD, opina.  Com 4 décadas de experiência em desenvolvimento de interfaces de prontuário eletrônico, Shorr diz que o principal pecado na concepção de soluções de software para a saúde é a tendência de tentar imitar a formatação usada no meio antecessor ao da informática: o do prontuário em papel.

Shorr defende que o objetivo do prontuário eletrônico deve ser “contar a história do paciente”; e que com isso a documentação clínica deve tentar compensar a ausência de conhecimento em assuntos específicos da saúde.  Porém, o que se vê aínda são “soluções” que não solucionam nada, e que apenas forçam ao profissional de saúde digitar dezenas de termos, procedimentos, anotações e etc. em um formato ininterrupto e monótono e consequentemente pouco útil a posteriori.  Shorr está certo que esse modelo de prontuário distancia o médico do paciente, um péssimo resultado para algo que deveria agregar valor à profissão.

É esse paradigma que o Core tenta quebrar.

“A experiência do paciente está intimamente ligada à user experience“, defende Shorr.  O conceito de que o benefício de uma evolução médica para o paciente é proporcional a qualidade da relação médico-paciente é suportada por evidência concreta, e é amplamente defendida pela UTIL.  Acima de tudo, o Core busca aproximar pessoas.  Esse objetivo faz parte do nosso DNA.  Confiamos que a melhoria nessa relação trará benefícios concretos ao cuidado continuado.

Veja o artigo original (em inglês) aqui.

Autor: UTIL Healthcare

m-Health startup

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s